As expectativas para os Jogos Olímpicos Rio 2016.

No dia 02 de outubro de 2009, o Rio de Janeiro era escolhido como sede das Olimpíadas de 2016. Quase 6 anos depois do anúncio estamos hoje há exatos 365 dias da grande abertura dos Jogos que se espera ser um dos mais mobilizadores da história.

Durante um mês, todas as atenções da mídia global estarão voltadas para o Rio de Janeiro. Serão 10,5 mil atletas de 203 países, disputando 42 modalidades, em mais de 30 estádios, sem contar os esportes aquáticos e os de rua. Uma verdadeira celebração entre os povos e ao espírito olímpico idealizado pelo Barão de Coubertin, o criador dos Jogos Olímpicos da era moderna. Essa será a primeira vez que os Jogos acontecem na América do Sul, o que permitirá com que o público brasileiro se sinta, pela primeira vez, parte do Movimento Olímpico. Com o Rio de Janeiro como sede a expectativa é que esse sentimento se torne ainda mais forte, o que deve mudar a forma dos brasileiros viverem.

Com a proximidade do evento, é normal que surja a desconfiança. Tudo ficará pronto a tempo? O transito vai funcionar? Teremos segurança suficiente? Os gringos chegarão nos nossos aeroportos? Mas se tem algo que conseguimos aprender com a Copa do Mundo enquanto expectadores é que sim!! Teremos um evento fantástico que acontecerá provavelmente pela única vez nesse século no Brasil e que será um experiência única para todos os envolvidos, desde os mais de 7,5 milhões de expectadores esperados até os 70 mil voluntários selecionados.

Tenho acompanhado de perto a preparação e organização dos Jogos pelo Comitê Organizador Rio2016, assim como o que está sendo feito pelo Time Brasil na preparação dos atletas daquela que deve ser a maior delegação brasileira em uma Olimpíada, e as minhas impressões é a de que vamos, de novo em menos de dois anos, viver junto ao esporte um dos melhores momentos de nossas vidas. Vamos nos surpreender, vibrar, rir e se emocionar com as histórias desses Jogos, e no dia 21 de agosto, no momento do encerramento, vamos olhar para tudo que passou e poder dizer que vivemos um dos melhores momentos das nossas vidas.

Arrepie-se com esse Wrap Up de Londres 2012 e me diga: Você vai ou não querer viver esse momento?

Por Felipe Meretti